Tire suas Duvidas

Como o consumidor poderá saber se está comprando uma carne legal?

Por enquanto, se ele quiser evitar a compra de carne vinda de áreas desmatadas ilegalmente na Amazônia, terá que verificar na embalagem o nome do frigorífico e conferir se ele assinou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), acordo firmado com o MPF em 2009 e 2010, no qual vários frigoríficos comprometeram-se a não comprar gado de fazendas ilegais. Essa lista pode ser consultada neste site.

Como este ainda é o início de um processo de fiscalização, que envolve toda a cadeia produtiva, não há como saber se todos os fornecedores do supermercado são frigoríficos legais, pois o fato de seu nome não constar da lista dos que assinaram o TAC pode apenas significar que ele não compra gado na região Amazônica.

Por enquanto, o que o consumidor pode fazer é comprar apenas de supermercados que vendam carne certificada e cobrar deles para que disponham essa informação nas embalagens ou nos balcões do açougue. O consumidor também deve pressionar os parlamentares e o governo, assim como os frigoríficos e os supermercados, para que a origem da carne esteja clara em todos os produtos bovinos vendidos no país.

 

Fonte: Ministério Público Federal