Pecuária

Como evitar perdas de ração com caprinos

A alimentação é um dos mais importantes capítulos na criação de cabras e um dos mais caros. Veja algumas dicas para evitar perda de ração e, consequentemente, prejuízos.

Como evitar perdas de ração com caprinos
A alimentação é um dos mais importantes capítulos na criação de cabras e um dos mais caros. Portanto é preciso que seja controlada para que o alimento que, embora adquirido pelo criador, não é consumido ou então é mal aproveitado pelos animais.
Dentre as principais causas do desperdício destacam-se:
  • Comedouros muito cheios, estreitos ou rasos, permitem uma grande perda de ração, devido ao derramamento;
  • Rações mal balanceadas ou de má qualidade, pois embora ingeridas nas quantidades ou volumes normais, não preenchem as condições necessárias para o seu máximo aproveitamento e, portanto, o seu rendimento é menor;
  • Sacaria furada é outra forma de perda de ração;
  • Lesões intestinais causadas por vermes, coccidiose, etc., concorrem para que não sejam absorvidos os alimentos necessários;
  • Ratos causam grandes desperdícios, não só pela ração que comem mas, principalmente, pela que estragam, sujando-a com seus pés e seus excrementos, estragando quantidade muito maior do que a que consomem. É um erro do criador pensar que sua propriedade não tenha ratos porque ele não os vê ou então que tenha poucos, por serem poucos os vistos por ele pois, para cada rato que o criador vê, existem muitos outros que não são vistos;
  • Parasitas que, não só provocam lesões nos intestinos dos caprinos mas também comem a ração por eles ingerida, o que traz graves conseqüências para a saúde dos animais;
  • Doenças. Neste caso, o desperdício é maior pelo não aproveitamento da ração, pois os animais doentes até consomem menores quantidades de alimentos;
  • Pássaros, como os pardais e meiros, por exemplo, que vivem em bandos e podem, em um ano, consumir uma grande quantidade de ração;
  • Roubo é outra das causas de maior desperdício de ração. Não são raros os desvios ou roubos praticados por estranhos, antes ou depois de a ração chegar ao imóvel, ou mesmo por empregados desonestos. Esses roubos podem ir de pequenas quantidades, alguns quilos apenas, um saco ou mesmo a grandes quantidades, causando vultuosos prejuízos. Por essas razões, o criador deve controlar rigorosamente o consumo de ração de seus animais, para que, se o consumo for exagerado, verificar as causas para combatê-las, pois somente uma das causas por nós apontadas, pode ocasionar uma sensível diminuição dos lucros e mesmo o prejuízo.

Fonte: http://www.informativorural.com.br/conteudo.php?tit=como_evitar_perdas_de_racao_com_caprinos&id=79