biblioteca

Comercialização de hortifrútis na Ceasa Campinas cresce 0,67%

Publicado em 12/04/2017
Valor comercializado aumentou 21,7%; dados são da análise conjuntural de 2016 divulgada pela empresa

A Ceasa Campinas movimentou, em 2016, um total de 610.982.593 kg de produtos hortifrutigranjeiros contra 606.928.828 kg no ano anterior, um crescimento de 0,67%, segundo a Análise Conjuntural de Abastecimento e Comercialização, divulgada pela direção da empresa.

O valor total resultante dos produtos comercializados no mesmo período foi de R$ 1.676.912.960,00, o que representa um aumento de 21,7% em relação ao ano anterior, que fechou em R$ 1.377.994.775,00. Com isso, o valor unitário médio dos produtos cresceu 20,7%, passando de R$ 2,27/kg para R$ 2,74/kg em 2016.

O grupo das hortaliças foi o principal responsável pela variação positiva da oferta geral, com aumento médio de 6,68%, passando de 262.201.462 kg para 279.718.341 kg. O subgrupo “Raízes, bulbos, tubérculos e rizomas” – que inclui batata e beterraba, por exemplo – cresceu 11,89%, passando de 139.661.955 kg para 156.263.511 kg comercializados em 2016.

Os cinco produtos mais vendidos no mercado de hortifrútis da Ceasa Campinas, no ano passado, foram, respectivamente, batata, melancia, laranja, tomate e cebola.

Procedência

Ainda de acordo com a análise conjuntural, a Ceasa Campinas recebeu produtos de 913 localidades – 12 países e 901 municípios brasileiros de 23 estados. Cinco desses estados foram responsáveis por 77% do volume ofertado no entreposto: São Paulo (50,9%), seguido por Minas Gerais, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul.

Confira a íntegra da Análise Conjuntural 2016 no link abaixo:

http://www.ceasacampinas.com.br/novo/pdf/analise_conjuntural_2016.pdf

 Fonte: noticiasagricolas.com.br