Milho

Colheita de milho no centro-sul do Brasil alcança 25% do total

13/07/2018

A colheita de milho no centro-sul do Brasil avançou nove pontos percentuais em uma semana, mas continua atrasada na comparação anual, com os trabalhos de campo em ritmo lento em praticamente todos os Estados produtores do país, informou nesta sexta-feira a AgRural.

De acordo com a consultoria, 25 por cento da área cultivada foi colhida até o momento no centro-sul, contra 36 por cento há um ano e 31 por cento na média para o período.

“Isso acontece porque as temperaturas mais baixas têm dificultado a perda de umidade em algumas regiões, o que aumenta ainda mais o atraso provocado pelo plantio tardio. Fosse outro o cenário de mercado, os produtores colheriam o milho mesmo com umidade acima do normal. Mas, com preços pouco atraentes e dúvidas logísticas herdadas da greve dos caminhoneiros, a maioria não tem demonstrado pressa”, afirmou a AgRural, em nota.

Maior produtor do país, Mato Grosso lidera a colheita, com as atividades alcançando 49 por cento da área, em linha com a média de 50 por cento nos últimos cinco ciclos.

Já no Paraná, segundo maior produtor, apenas 3 por cento da área foi colhida, em comparação com 19 por cento há um ano. O “grande atraso”, de acordo com a AgRural, “é consequência do plantio tardio e da umidade elevada em áreas que já estão prontas para as colheitadeiras”.

Fonte: Agrolink