Notícias

Cocamar anuncia que quer dobrar de tamanho até 2020

09/02/2015

Em 2014, a Cocamar apresentou um faturamento de R$ 2,865 bilhões, registrando um crescimento de 8% sobre os R$ 2,650 bilhões obtidos em 2013. O número foi divulgado na manhã desta terça-feira (3), durante Assembleia Geral Ordinária da cooperativa. O evento reuniu cerca de 400 produtores e lideranças no salão social da Associação Cocamar, em Maringá.

Segundo o presidente do Conselho de Administração, Luiz Lourenço, a Cocamar praticamente conseguiu dobrar de tamanho no período 2011-2014, quando saiu de um faturamento de R$ 1,600 bilhão para R$ 2,865 bilhões. “Planejamos agora chegar a 2020 no patamar de R$ 6 bilhões”, enfatizou Lourenço, lembrando que uma empresa do porte da Cocamar precisa continuar crescendo. Para isso, foram aprovados investimentos que totalizam R$ 1,2 bilhão até aquele ano, sendo a maior parte destinada à construção de unidades operacionais para o recebimento das safras nas regiões noroeste e norte do Paraná, sudoeste do Mato Grosso do Sul e oeste paulista. “Vamos fazer os investimentos com muito cuidado, analisando cada passo”, comentou Lourenço.

Durante a assembleia, o presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski, disse que as cooperativas paranaenses tiveram no ano passado um faturamento de R$ 50,9 bilhões, com 10% de crescimento médio anual em uma década, índice que chega a 16,5% se analisados apenas os últimos cinco anos. Mas ele se disse preocupado com o “brutal aumento de custos” que o setor produtivo deverá enfrentar este ano. “Há indicativos de que os juros para a próxima safra de verão vão aumentar ou serão indexados”, afirmou Koslovski, ressaltando que o agronegócio, com seu superávit de US$ 80 bilhões, impediu que a balança comercial brasileira tivesse um déficit ainda maior no ano passado. “O governo não pode penalizar um dos poucos setores que está trazendo resultados para a economia brasileira”, afirmou.

Fonte: Cocamar