Pecuária

CNA pesquisa custo de produção da Pecuária de Leite no Rio de Janeiro

04/05/2016

Produtores de leite dos munícipios de Macuco, Itaperuna e Valença, no Rio de Janeiro, recebem a visita do Projeto Campo Futuro nos próximos dias 04, 05 e 06 de maio. Promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o projeto levanta os custos de produção da atividade para auxiliar os pecuaristas na administração de gastos, riscos de preços e gerenciamento da propriedade rural. Os painéis contam com a participação de produtores, técnicos da agroindústria, sindicatos e associações rurais e representantes de lojas de insumos da pecuária leiteira.

De acordo com a assessora técnica da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA, Lilian Figueiredo, um dos principais gargalos que o produtor enfrenta é a falta de informações gerenciais na propriedade, para planejamento, análise do fluxo de caixa e custos de produção. “Com o levantamento do Campo Futuro, será possível auxiliar o produtor de leite na tomada de decisão para minimizar os custos e otimizar os investimentos na atividade”, afirma Lilian. Neste ano, os técnicos do projeto já coletaram dados em Sergipe e Rondônia e depois de Rio de Janeiro, seguem para Pernambuco e Santa Catarina.

Além dos indicadores zootécnicos, como taxa de mortalidade, ganho de peso e duração da lactação, o Campo Futuro apresenta outros indicadores que servem para maior compreensão dos sistemas de produção, são eles: produção média de leite, área utilizada para pecuária, vacas em lactação, rebanho e mão de obra permanente.

O Campo Futuro é um projeto que alia a capacitação do produtor rural à geração de informação para a administração de riscos de preços, de custos e de produção na propriedade rural. A geração de informações é tarefa da CNA, em parceria com universidades, centros de estudos, institutos e fundações. O projeto consiste na elaboração de indicadores de conjuntura e de desempenho que têm como base os levantamentos de dados – chamados de painéis – realizados nos municípios representativos na produção agropecuária. Depois, é feito o acompanhamento mensal dos preços dos insumos e dos custos de produção nessas localidades.

Fonte: Canal do Produtor