Classificadores e degustadores tem funções diferentes?

Sim.  O primeiro classifica por tipo, tamanho, cor, aspecto – de acordo com várias normas existentes – e o degustador trata da fragrância, do aroma e da prova propriamente dita. Os classificadores podem trabalhar nas fazendas cuidando da pós-colheita, da secagem e do beneficiamento do café; podem também ser corretores, que classificam e auxiliam os produtores a separar e vender seus lotes; ou trabalhar em empresas exportadoras como profissionais com conhecimento amplo sobre o mercado interno, e, sobretudo, o externo, de grãos: os mais diversos tipos de blends, o preparo para os segmentos do mercado e, claro, dominar a arte e a magia dos blends – que exige muita técnica.

 

Fonte: http://www.revistacafeicultura.com.br