Curiosidades

Cientistas argentinos desenvolvem arroz tolerante à seca

06/08/2015

O arroz, principal alimento da maioria da população mundial, não pode ser cultivado em solos em que há pouca disponibilidade de água. Cientistas argentinos, entretanto, buscam superar essa limitação ambiental por meio da biotecnologia. Eles identificaram um gene que é crucial para a tolerância à seca no arroz. O estudo foi publicado na revista científica Plant Molecular Biology.

O grupo liderado pela integrante do Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Técnica (CONICET), Raquel Chan, e pelo professor do Departamento de Ciências Vegetais da Universidade da Califórnia-Davis, Eduardo Blumwald, descobriu que o gene OsWRKY47 é responsável pela tolerância ao estresse hídrico. De acordo com Blumwald, se a atividade do gene for estimulada, a resistência à seca poderá ser ainda maior.

Dessa maneira, os pesquisadores superexpressaram o gene em plantas de arroz e as testaram em laboratório, simulando condições de baixa disponibilidade de água. Ficou claro que enquanto as variedades transgênicas mantinham bom desempenho, os vegetais que não haviam sido transformados geneticamente se deterioravam.

“Se as respostas às experiências em confinamento continuarem a ser positivas, vamos levar as plantas para testes em campo”, afirmou a Dra. Chan, considerada pela BBC de Londres e pela Rede Interamericana de Academias de Ciências uma das dez mulheres que lideram a pesquisa científica na América Latina.

Fonte: Agência Cyta

Fonte: CIB – Conselho de Informações sobre Biotecnologia