Curiosidades

China desenvolve arroz que evita poluição de metais pesados

04/10/2017

A China anunciou o desenvolvimento de um novo tipo de arroz que permite uma produção livre de poluição de cádmio. O projeto é liderado por Yuan Longping, bastante conhecido na China como “Pai do Arroz Híbrido”, e foi aprovado depois de exames e avaliações de um painel da Academia Chinesa de Ciências Agrícolas e do Ministério da Agricultura da China no último dia 29 de Setembro.

Plantios de testes com o arroz com baixo índice de cádmio, batizado de Indica, foram feitos no município de Xiangtan, na província central de Hunan, em um solo 1,5 mg/kg de cádmio. As provas tiveram duas amostras com 0,06 mg/kg, o que é muito mais baixo que o padrão nacional da China, que é de 0,2 mg/kg.

Para Zhao Bingran, do centro de pesquisa provincial de arroz híbrido de Hunan, o arroz com baixo teor de cádmio foi desenvolvido com edição de genomas e hibridização, sem qualquer exógenos. “Os genes do arroz que absorvem o cádmio são subtraídos para ter a nova cultivar. A tecnologia, uma grande descoberta, é de baixo custo”, afirmou Yuan.

Bai Lianyang, Chefe do Partido na Academia de ciências Agrícolas de Hunan, afirmou à agência de notícias oficial do governo da China (Xinhua) que os novos desenvolvimentos provalmente terminarão com a contaminação com o cádmio na região.

Em 2013, se descobriu que o arroz produzido na província de Hunan continha níveis excessivo de cádmio, um químico industrial cancerígeno. Os pesquisadores chineses acreditam que o químico causam poluição grande do solo e da água na região.

Fonte: Agrolink