biblioteca

Cenoura: Oferta elevada pressiona cotações em 14% em Minas Gerais

Publicado em 26/09/2016

Pressionadas pela oferta elevada, as cotações da cenoura caíram na região de São Gotardo (MG) nesta semana. A caixa da cenoura “suja” de 29 kg foi cotada a R$ 7,33, recuo de 14 % em relação à semana anterior. O valor fica, ainda, 6% abaixo do custo de produção, estimado em R$ 7,80. Segundo colaboradores da equipe Hortifruti/Cepea, os altos preços do início do ano motivaram a entrada de novos produtores no mercado, gerando excesso de oferta.

Ainda que a região mineira esteja enviando parte da produção para o Nordeste, o escoamento não é suficiente para enxugar a disponibilidade local a ponto de elevar as cotações. Em termos de produtividade, a média de setembro está próxima da do mesmo período do ano passado.

Diante das recentes quedas de preços, produtores podem reduzir a área colhida em novembro e dezembro numa tentativa de conseguir valorizações. Essa estratégia/Essa postura pode evitar uma queda, na área cultivada com cenoura na próxima temporada. Até o momento, a expectativa é que a área se mantenha praticamente estável em relação à safra atual.

Fonte: Hortifuti/Cepea