Trigo

CBOT: Grãos seguem buscando direção nesta quarta-feira

27/03/2013
Na sessão desta quarta-feira (27), a soja, o milho e o trigo registram oscilações pouco expressivas nas negociações em Chicago diante das expectativas para o boletim que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga amanhã, dia 28. Com isso, os investidores procuram buscar um melhor posicionamento antes da divulgação desses números e operam com mais cautela em um pregão com baixo volume de negócios.
“O mercado espera que tenhamos os estoques mais apertados dos últimos 15 anos tanto para a soja quanto para o milho. Porém, temos um fator que poderia ser baixista, que é a área plantada, que tende a ser muito grande, a maior desde 1930. Então, temos um fator altista, que seria o número de estoques, que impactaria mais a safra antiga, e um baixista, que seria a área plantada para as próximas safras”,
explicou Nicole Brum, analista de mercado da Agrinvest.
Para Nicole, este boletim deverá trazer um “choque de realidade” ao mercado, deixando de lado o padrão mais conservador do USDA. Nos últimos três anos, os contratos chegaram a subir cerca de 2,5% em média nos dias de divulgação desses dados. Este ano, no entanto, o mercado poderia não ficar tão surpreso, segundo Nicole, uma vez que já precificou estoques mais baixos.
Por outro lado, caso o departamento traga números que indiquem um ajuste ainda mais severos nos estoques norte-americanos, o mercado pode exibir uma forte alta nos preços, já que essa informação seria a “lenha na fogueira” necessária para consolidar um avanço do mercado.
Fonte: Notícias Agrícolas // Carla Mendes