Pecuária

Carne de boi ganha competitividade frente a substitutas, aponta Cepea

Publicado em 11/08/2016

Enquanto os preços da carne bovina estão enfraquecidos no mercado atacadista da Grande São Paulo neste mês, os valores das carnes substitutas (suína e frango) estão em alta. Na parcial de agosto (entre 29 de julho e 10 de agosto), a carcaça casada bovina se desvalorizou 0,32%, ao passo que a carcaça suína comum se valorizou fortes 16,8% e o frango congelado, 6,4%. Nesse cenário, a carne bovina ganha competitividade frente às concorrentes.

Nessa quarta-feira, 10, a carcaça casada do boi foi negociada a R$ 9,31/kg. Ainda que a carne bovina apresente maior competividade, as vendas estão lentas no mercado atacadista da Grande São Paulo, cenário que mantém enfraquecida a cotação. Quanto ao boi gordo, segundo pesquisadores do Cepea, os negócios também seguem lentos.

Muitos frigoríficos vêm preenchendo as escalas de abate com animais adquiridos anteriormente e, com isso, exercem pressão sobre os valores de compra, mas sem sucesso em alguns dias. Entre 3 e 10 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo (estado de São Paulo) subiu ligeiro 0,13%, fechando a R$ 152,02 na quarta-feira, 10.

Fonte: Cepea