Pecuária

Carne bovina brasileira estável e frango em bom momento

03/09/13
Os frigoríficos brasileiros de carne bovina enfrentam este ano um mercado externo mais desfavorável. O valor em dólar tem registrado queda. De acordo com os dados da Secretaria do Comércio Exterior (Secex), a tonelada da carne brasileira foi colocada no mercado externo em agosto por US$ 4.288, o que significa redução de US$ 125 por tonelada em relação aos preços praticados em julho deste ano.

Os maiores frigoríficos de Mato Grosso do Sul abateram quase 35 mil bois em uma semana. A oferta é considerada normal para esse período de entressafra. Mesmo com a queda em dólar, não houve perda de dinheiro para os frigoríficos. Assim, com a alta da moeda americana em agosto, as empresas exportadoras de carne receberam mais reais por dólar exportado. E isto tem ajudado a manter os preços da carne bovina no mercado interno. Os valores do traseiro e do dianteiro foram os mesmos em agosto de 2013, em relação a agosto de 2012.

Já as exportações em alta da carne de frango brasileira estão valorizando o preço do produto. Especificamente no Sudeste. Em Descalvado (SP), o frango resfriado acumula valorização de 18,9% em agosto, com o quilo do produto cotado a R$ 3,39 na quinta, dia 29.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), no caso do frango congelado (mais voltado ao mercado externo), a maior alta no preço no acumulado deste mês, de 22%, ocorreu na região de Pará de Minas (MG), onde o quilo do produto foi comercializado a R$ 3,69 no última quinta-feira (29/08). No mercado de frango vivo, as altas acumuladas no mês oscilaram de 14% a 18% nas regiões acompanhadas pelo Cepea.

Fonte: Agrolink