Pecuária

Carne Angus inicia abates no Acre

03/05/2017

O Programa Carne Angus está se expandindo agora ao Acre. Na próxima quinta-feira (04/05), será realizado o primeiro abate de Angus na unidade JBS de Rio Branco. Serão abatidos 577 animais Angus, ocasião que marcará a primeira com Certificação Angus no Estado. Apesar de ter caráter experimental, a experiência busca fomentar a raça na região, onde a criação de animais meio sangue vem se expandindo. “Os estados do Acre e Rondônia possuem animais de qualidade diferenciada, com genética Angus, que atendem aos requisitos dos consumidores mais exigentes do Brasil”, disse o gerente do Carne Angus, Fábio Medeiros. A ação do Acre vem logo após o início das operações em Rondônia, iniciadas em dezembro de 2016? com o Minerva Alimentos e em breve serão ampliadas com inicio dos abates também da JBS?.

O fomento da criação de Angus no Acre ?foi intensificado em 2016, após o presidente da Federação da Agricultura do Acre, Assuero Veronez, conferir de perto o potencial dos animais Angus na Expointer. “Temos um rebanho Angus que não é grande, mas possui muita qualidade. Nosso objetivo é incentivar a criação da Angus no estado, devido a sua precocidade, desempenho e pela sua importância no marcado”, explica.

A Angus realizou uma série de visitas técnicas e palestra na capital Rio Branco. “Visualizamos a qualidade e a organização dos produtores da região. De lá pra cá, mantivemos contato permanente, articulando volumes e organizando a operação junto a JBS”, afirmou Medeiros. A JBS se reunirá com lideranças locais para a verificação do interesse dos produtores em dar continuidade ao projeto. O diretor executivo de Originação da JBS, Eduardo Krisztan Pedroso, explica que ?já neste abate experimental serão praticadas as contrapartidas comerciais de bonificação aos pecuaristas participantes. “Este será um abate técnico de pré-lançamento do Protocolo Angus Friboi aos produtores acreanos”, garante.

Programa Carne Angus

O Programa Carne Angus foi criado em 2003 em parceria entre a Associação Brasileira de Angus e a indústria frigorífica. Está lastreado na certificação de carcaças de animais Angus ou Cruza Angus que atendam a requisitos pré-estabelecidos como idade máxima de abate, peso, índice de marmoreio e acabamento de carcaça. Atualmente, o Carne Angus integra 30 frigoríficos de 13 empresas em nove estados. Ao todo, beneficia mais de 5 mil pecuaristas e, em 2016, fechou com abates próximos a 500 mil cabeças. Até 2020, a meta é atingir a marca de 1 milhão de cabeças.

Fonte: Agrolink