Cana de Açúcar

Campanha “Sweeter Alternative” da UNICA ganha dois prêmios nos EUA

A campanha “Sweeter Alternative” (Doce Alternativa, em português), lançada em 2010 pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar nos Estados Unidos para promover as vantagens do etanol brasileiro de cana-de-açúcar e lutar contra a tarifa imposta pelos EUA ao etanol importado, conquistou dois dos principais prêmios dos EUA na área de relações públicas: o Bronze Anvil na categoria Mala Direta, e o prêmio 2011 Telly, nível bronze, para o video online da campanha “O que você precisa saber sobre política de etanol” (“What You Need to Know About Ethanol Policy, em inglês)”.

Desenvolvida com apoio da agência de Relações Públicas Stratacomm, a campanha inclui um site, publicidade em canais online, mídia impressa e rádio, além de pesquisas e iniciativas de base. O objetivo do conjunto de ações foi mostrar que o etanol de cana é um combustível limpo e renovável, que pode ajudar consumidores americanos a economizar no momento do abastecimento, diminuir a dependência dos Estados Unidos em relação ao petróleo importado e ajudar o meio-ambiente.

“A campanha foi trabalhada com habilidade por nossa equipe de Relações Públicas para apresentar uma alternativa ‘mais doce’ no debate energético nos EUA. Esperamos que esses reconhecimentos sejam indicativos de que vamos conquistar o prêmio maior, que é eliminar a tarifa americana sobre o etanol importado,” disse a representante da UNICA em Washington, Letícia Phillips.

O trabalho enfatizou que o etanol brasileiro de cana não está disponível nos EUA em função de uma série de barreiras, como o subsídio de US$ 0,45 por galão (3,78 por litro) concedido para a mistura de etanol de milho à gasolina e da tarifa de US$ 0,54 por galão (US$ 0,14 por litro) imposta sobre o etanol importado. Essas barreiras tiram a competitividade do etanol brasileiro no mercado americano. Somados, os apoios ao etanol nos EUA custam aos cofres americanos US$ 6 bilhões por ano.

Mobilização

Em parceria com o Change.org – importante fórum de discussão de questões de interesse público nos EUA – a UNICA mobilizou cerca de 9.000 pessoas em menos de duas semanas para assinar uma petição online, relacionada à reforma de políticas públicas referentes ao etanol. Desde o início dessa ação, quase 25 mil pessoas enviaram mensagens aos representantes do Congresso pedindo o fim da tarifa sobre o etanol importado e do subsídio ao etanol de milho.

“A iniciativa buscou enviar rapidamente uma mensagem clara ao Congresso: os americanos reconhecem a importância de fontes limpas e renováveis de energia como o etanol de cana, e estão cansados de verem seus dólares pagos em impostos usados para manter essas opções fora de seu alcance,” disse Phillips.

De acordo com a Public Relations Society of America (PRSA), empresa que premia campanhas de Relações Públicas, programas e iniciativas por meio do Prêmio Anvil, “o programa reconhece e homenageia as melhores táticas de relações públicas executadas a cada ano. A competição deste ano atraiu um total de 717 campanhas. Destas, apenas 55 organizações foram selecionadas pelos jurados  como vencedoras. Isso demonstra o alto padrão aplicado no processo de avaliação.”

Já o vídeo premiado explica didaticamente como os EUA poderiam economizar o dinheiro do contribuinte com preços mais baixos na bomba de abastecimento, caso fossem eliminadas as barreiras tributárias e comerciais que afetam a competitividade do etanol de cana. Criado em 1978, o Prêmio Telly reconhece comerciais veiculados em emissoras locais, regionais e por cabo, além de peças veiculadas na Internet, vídeos e filmes. A edição 2011 recebeu mais de 11.000 inscrições dos EUA e de vários outros países.

Prêmio 2009

Em 2009, a UNICA ganhou o Prêmio Bulldog 2009, na categoria Bronze, para a campanha “Are We There Yet?” Lançada em maio de 2008, a campanha produzida com a agência de relações públicas Vox Global teve anúncios de rádio e jornal e também focou nos consumidores americanos.

Os Prêmios Bulldog de Excelência em Relações com a Imprensa e Publicidade reconhecem 28 categorias. É a única premiação dessa natureza em que os vencedores são escolhidos por um colegiado composto de colunistas e editores dos principais veículos de comunicação dos EUA, como o The New York Times, The Washington Post e The San Jose Mercury News.

As duas campanhas tiveram o apoio do projeto Apex-Brasil/UNICA, iniciado em janeiro de 2008 e renovado em setembro de 2010. Trata-se de uma parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O objetivo do projeto Apex-Brasil/UNICA é promover a imagem do etanol brasileiro de cana-de-açúcar como energia limpa e renovável ao redor do mundo.

 

Fonte: http://www.unica.com.br/noticias/show.asp?nwsCode={19DEEC0B-1485-4433-8FDD-204A2B515D2E}