Soja

Caixa Econômica Federal disponibiliza R$ 2 bilhões para custeio aos produtores rurais

22/04/15
Os produtores rurais de Mato Grosso estão preocupados com a demora na liberação de crédito para custeio da próxima safra de soja. Porém, a Caixa Econômica Federal tem à disposição do agricultor R$ 2 bilhões a juros de 6,5%. A informação foi repassada pela gerente regional da Superintendência Regional Mato Grosso, Margareth Carminatti Seixas. “O valor é para todo o Brasil, mas os recursos são remanejados para a região que primeiro solicitar”, explicou a gerente.

A instabilidade econômica faz com que os produtores rurais vivenciem um ano-safra com alto risco. “É importante que o agricultor tenha isto em mente e se organize para buscar crédito a um custo compatível com a atividade rural nas instituições que estão fornecendo o dinheiro”, diz Adolfo Petry, coordenador da comissão de Política Agrícola da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

Os representantes da Caixa Econômica Federal lembraram que cada caso é único e será avaliado individualmente sobre limite de crédito e garantias. “O banco ainda é novo na concessão de crédito rural, mas podemos garantir que o recurso vai aumentar ano a no e não temos previsão de escassez”, revela Margareth Carminatti Seixas.

“Estamos em um momento de crédito escasso e encarecido, por isso é uma boa notícia o aporte da Caixa no setor rural”, diz Petry. Além do crédito rural, o banco também está operacionalizando o Empréstimo do Governo Federal (EGF), utilizado pelos agricultores para estocagem de produtos. As agências do interior de Mato Grosso estão aptas a atender os produtores rurais e fornecer este crédito.

Aprosoja