Notícias

Café Tecnológico Cotrisal

15/09/2014

O Departamento Técnico promoveu no dia 11 de setembro, um Café Tecnológico.

Foi promovido um café tecnológico com os produtores, na sede da Cotrisal em Sarandi, em parceria com a empresa Basf, com o objetivo de apresentar e posicionar produtos para as culturas de trigo, milho e soja.

O Engº. Agrônomo Gilmar Luzzi, agradeceu a presença dos produtores e afirmou que o encontro integrou os produtores proporcionando troca de informações e conhecimentos.

O Engº. Agrônomo da Basf, Leandro Stella, agradeceu a Cotrisal pela parceria e por estar oportunizando o encontro aos , com o intuito de conhecerem novas tecnologias que estão disponíveis no mercado.

Microbiol e DOMMARIO Sementes

No dia 24 de setembro, o café tecnológico aconteceu em parceria com as empresas Microbiol e DONMARIO, no Salão de Eventos da Cotrisal, em Sarandi.

O representante da Microbiol, Antônio Pintro, apresentou o Microgeo, produzido a partir de uma bio-fábrica instalada na propriedade.

O Microgeo proporciona descompactação do solo, repovoando-o com micro-organismos benéficos à lavoura, permitindo maior infiltração de água, nutrientes, aumentando consequentemente o volume de raiz e com isso, a planta terá condições de suportar as adversidades climáticas, principalmente a seca.

Segundo Pintro, o solo compactado diminui o enraizamento, diminuindo absorção de nutrientes pela planta.

“Hoje no Brasil, o usuários do biofertilizante passa de 3,5 mil produtores, a maioria deles plantam soja, milho, trigo e pastagens”, citou.

Pintro também ressalta, que a aplicação do adubo biológico não substitui o fertilizante químico.

“São duas ferramentas distintas.

A adubação química tem o objetivo de fornecer macro e micronutrientes para as plantas e a adubação biológica, visa repovoar o solo com microrganismos, que agindo em conjunto com a planta fazem a reestruturação do solo”, explanou.

Segundo Pintro, nas áreas de Microgeo, devido a maior estrutura física do solo, diversidade de microorganismos presentes no solo, as plantas aproveitam melhor os fertilizantes, principalmente o fósforo, que de forma geral, as plantas possuem baixa eficiência de absorção.

Para reforçar os benefícios da adubação, o Engº. Agrônomo Fausto Barbisan apresentou biofábricas instaladas na área de ação da Cotrisal.

O Engº. Agrônomo da DONMARIO Sementes, Charles Pintro apresentou a empresa com sede na Argentina, com mais de 30 anos em pesquisa na área de sementes.

Atualmente a DONMARIO atua no Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Estados Unidos e África do Sul.

Charles destacou os benefícios das cultivares de soja Intacta RR2 PRO, a qual controla as quatro principais pragas: a Lagarta da soja, Falsa medideira, lagarta das maças e broca das axilas, além de supressão às lagartas do Elasmo e Helicoverpa.

“Com relação à supressão, a tecnologia tem eficiência com as lagartas pequenas.

Por isso, mesmo semeando cultivares Intactas é necessário aplicar inseticidas na dessecação na pré- semeadura da soja para zerar a população da praga”.

Charles também falou dos materiais convencionais que estão no mercado e se destacaram em produtividade na safra 2013/2014.

Fonte: Cotrisal