Café registra bom desenvolvimento no campo

21/03/2018

Nesta quarta-feira (21), a presença de áreas de instabilidade associadas a um sistema de baixa pressão atmosférica, deixa o tempo bastante instável sobre grande parte da Região Sul do país. Podem ocorrer pancadas de chuva mais generalizadas sobre o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, regiões do sul e sudeste de Minas Gerais e Espírito Santo.

Nestas áreas, por mais que a chuva atrapalhe um pouco a finalização dos trabalhos da colheita da soja, a precipitação irá permitir a elevação e a manutenção dos níveis de umidade do solo. Assim, serão garantidas boas condições ao desenvolvimento das lavouras de 2ª safra, café e cana de açúcar.

Sobre as regiões produtoras de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, cerrado mineiro, Pará, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia a previsão para esta quarta-feira (21) é de chuva na forma de pancadas irregulares. Nessas áreas, também por causa dos bons níveis de umidade do solo, o desenvolvimento da 2ª safra é favorável para o milho, feijão e algodão.

Próximos dias

A tendência para os próximos dias é de que o sistema de baixa pressão atmosférica avance sobre as regiões produtoras do Sudeste e Centro-Oeste e com isso, venham ocorrer pancadas de chuva mais generalizadas e em bons volumes, que podem ser superiores a 60 mm em algumas localidades.

 A chuva no Sul fica mais irregular após a baixa pressão avançar para outras regiões do país. Entretanto, já no começo da semana que vem, uma nova frente fria avança pelo Sul do Brasil e, novamente, provoca chuva generalizada e em grandes volumes.

Nos próximos 30 dias, o padrão meteorológico será mantido. Ou seja, frentes frias passando pelo Sul provocando chuva, que avança também para o interior do Brasil, em grande parte das regiões Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia, Pará e Rondônia. Não há nenhum indicativo de que venha ocorrer qualquer outra mudança no tempo que possa ocasionar perdas em nenhuma lavoura.

Fonte: Agrolink