Café

Café do Oeste da Bahia com nova identidade

31/10/12 – 22:21
Há mais de dois anos, a Abacafé – Associação dos Cafeicultores do Oeste da Bahia vem construindo um processo o qual culminou com as últimas aprovações pelos cafeicultores no último dia 27 de outubro. Nesta data, em assembleia dos membros, a entidade concluiu a elaboração do projeto inédito para café na Bahia, sendo este o pedido ao INPI para a obtenção da Indicação Geográfica do produto regional.

Dentre as principais aprovações do dia, esteve o novo selo que representará o café da região Oeste da Bahia. A identidade visual será utilizada para apresentar o produto em suas diferentes formas promocionais. Também foram chanceladas na última reunião o histórico do café da região e o regulamento de uso que relata os procedimentos de enquadramento da produção pelos cafeicultores.

A nova cara do café e os detalhes de como será na prática a implantação da Indicação Geográfica, serão apresentadas num grande evento a ser realizado no próximo dia 22 de novembro, no Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães. Na ocasião, serão detalhadas à comunidade as ações desenvolvidas neste projeto e os impactos nos negócios, turismo e economia do Oeste da Bahia com a nova conquista.

De uma ideia desenvolvida durante longos meses com apoio da Fundação Dom Cabral e com recursos do Ministério da Agricultura, foi possível a construção de um novo marco no fortalecimento da cafeicultura regional, destaca o presidente da Abacafé Dhone Dognani. Fechamos uma etapa, que em breve será encaminhada ao INPI e mesmo antes da resposta do Órgão responsável, os cafeicultores e as entidades envolvidas iniciarão as ações propostas de enquadramento do produto. O objetivo é para que no dia do recebimento da aprovação, de imediato possamos ter cafés certificados de origem para apresentar ao mundo, finaliza o presidente.

Ao final da reunião dos cafeicultores houve um almoço de confraternização promovido pela MIAC, nas dependências da AgroVia, em Luís Eduardo Magalhães. Na ocasião, foi apresentada a nova recolhedora de café, juntamente com outros equipamentos da empresa, a qual possui forte atuação no setor cafeeiro regional.

Agrolink com informações de assessoria