Custo de Produção

Café: Cotações do arábica operam com leve alta nesta tarde de 3ª feira acompanhando recuo do dólar

Publicado em 26/01/2016

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com leve alta nesta tarde de terça-feira (26). O mercado oscila entre alta e baixa repercutindo mais um dia de mau humor generalizado no cenário macroeconômico, o que impacta diretamente o câmbio, além do desenvolvimento da safra 2016/17 do Brasil, o maior exportador de produtor da commodity no mundo.

Por volta das 12h32, o vencimento março/16 tinha 117,00 cents/lb com alta de 55 pontos, o maio/16 registrava 119,35 cents/lb com avanço de 65 pontos. Já o contrato julho/16 operava com 120,95 cents/lb e 35 pontos de avanço, enquanto o setembro/16 anotava 122,70 cents/lb com valorização de 25 pontos.

Para o analista de mercado da Maros Corretora, Marcus Magalhães, o mercado sente pressão do mau humor externo. No entanto, com a queda do dólar em relação ao real, os contratos futuros do arábica acabam ganhando suporte na ICE. Com a queda na moeda estrangeira, o petróleo também avança e acaba puxando as outras commodities.

Após registrar alta pela manhã, o dólar comercial passou a cair ante o real em meio à volatilidade nos preços do petróleo. Na segunda-feira, a moeda fechou em baixa em um dia de poucos negócios por conta do feriado na cidade de São Paulo. Às 11h57, a moeda norte-americana recuava 0,48%, cotada a R$ 4,0824 na venda. A moeda estrangeira menos valorizada acaba desencorajando as exportações da commodity.

Nas praças de comercialização do Brasil, os negócios com café seguem lentos. “Apesar de toda a volatilidade externa, o mercado brasileira não ganha ritmo ou pegada. A paradeira é grande”, explica Marcus Magalhães.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas