Cana de Açúcar

Brasil produzirá menos cana

23/04/2018

Segundo uma nova previsão do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a moagem de cana deve chegar a 628 milhões de toneladas, o que é 2% a menos que o número de 2017/2018, que ficou em 639 milhões de toneladas.

O Centro-Sul do país deve colher uma safra de cana-de-açúcar de 583 milhões de toneladas contra uma safra prévia de 12 milhões de toneladas. O tempo seco de Julho a Setembro e abaixo da exposição média a luz solar em meses freou o desenvolvimento da safra. Dificuldades financeiras, segundo o órgão norte-americano, também limitaram os investimentos em manejo, resultando em mais pestes e lagartas. Além disso, canaviais renovados demonstram problemas na brotação.

A temporada 2017/2018 de moagem terminou no mês de março. Já a produção das regiões Norte e Nordeste está projetada em 45 milhões de toneladas. O volume é aumento de um milhão de toneladas em função do clima favorável na região.

A área total de cana no país para temporada 2018/2019 está projetada para estar estável pelo USDA em 9,9 milhões de hectares. A produtividade industrial é prevista para cair 2% em relação a temporada anterior.

A unidade de São Paulo do USDA prevê um consumo de açúcar no Brasil de 10,67 milhões de toneladas, o que está um pouco acima de 2017/2018, devido ao aumento do poder de compra da população brasileira.

Já as exportações de açúcar do Brasil devem cair significativamente para 23,6 milhões de toneladas das 28,2 milhões de toneladas exportadas segundo registro da temporada anterior.

Fonte: Agrolink