Pecuária

Brasil mira mercado japonês de carne

Japão pode ser o próximo destino da carne bovina brasileira. O governo iniciou uma tratativa com o país asiático para reabrir a exportação da proteína termoprocessada, suspensa desde 2012, e iniciar a venda do produto in natura, nunca antes comercializado. O Brasil precisa adaptar suas regras sanitárias e fitossanitárias, que, segundo Ministério da Agricultura (Mapa), não exige grandes esforços.

O setor registra queda nos negócios nos primeiros meses de 2015. As exportações de carne bovina caíram 17,1% em volume (de 632 mil para 524 mil toneladas) e 20,8% em valor (de US$ 2,8 bilhões para US$ 1,8 bilhão) entre janeiro e maio deste ano em relação ao mesmo período de 2014.

Nesta semana, após visita da presidente Dilma Rousseff, os Estados Unidos liberaram a importação de carne in natura de 14 estados brasileiros, encerrando uma restrição de 15 anos. Para os negócios efetivarem, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) irá avaliar a equivalência dos programas de sanidade dos dois países. A medida também vale para a carne in natura da Argentina.

Leia a notícia na íntegra no site Gazeta do Povo.

Fonte: Gazeta do Povo