Curiosidades

Bioplástico de proteína da soja absorve 40 vezes seu peso

19/07/2018

Um bioplástico derivado da proteína da soja é capaz de absorver até 40 vezes seu peso em água. O material foi desenvolvido por pesquisadores do grupo “Tecnologia e design de produtos multicomponentes”, da Universidade de Sevilha, na Espanha, em parceria com o Serviço Geral de Investigação de Caracterização Funcional localizado na própria universidade.

Os cientistas esperam que o plástico biodegradável possa ser utilizado na fabricação de dispensadores agrícolas e acreditam que, futuramente, ele pode substituir os plásticos feitos a partir de polímeros sintéticos, presentes em materiais como garrafas e fraldas, por exemplo. Antonio Guerrero, pesquisador da Universidade de Sevilha e responsável pelo estudo, explica que para obter o bioplástico foram realizados inúmeros experimentos em laboratório a fim de alterar a composição da soja, ampliando ainda mais seu poder absortivo.

“Sem interferir na sua composição, esta oleaginosa é capaz de absorver doze vezes o seu peso, enquanto se modificar a sua estrutura molecular, para aumentar a sua afinidade para a água, esta capacidade é multiplicada por três, atingindo 36 vezes o seu peso inicial, isto é, um aumento de 3.600% em seu peso real “, salienta.

Para isso, primeiramente os pesquisadores processaram a soja para extrair a proteína, separando partes líquidas e compostos sólidos. Guerero afirma que processo foi realizado através do método de liofilização, que é menos agressivo e não prejudica a proteína extraída.

“Conseguimos um concentrado sólido de proteínas e, uma vez que a composição foi separada, a colocamos em uma máquina injetora e após em um molde. De lá, pegamos o tubo de ensaio com o qual vamos realizar os testes “, acrescenta.

O próximo passo é da pesquisa é estudar a viabilidade do produto no campo a partir de dispensadores feitos da soja. Os pesquisadores também pretendem testar outros produtos com alto poder de absorção como o algodão e a colza.

Fonte: Agrolink