Catálogos técnicos e de produtos


Biodigestor Caseiro


Limpo – Prático – Eficiente

Biodigestor Caseiro é um equipamento que transforma o lixo orgânico doméstico em excelente adubo para plantas que o próprio morador da casa irá utilizar em seus vasos e ou jardim. Se a população começar a utilizá-lo em escala, resolverá o problema dos lixões nas cidades. Sua utilização e manuseio são muito simples, não dá trabalho, é muito barato e durável. É feito de material descartado em sua maioria. Seu idealizador, o professor e pesquisador Antonio de Sant´Ana Galvão estudou e observou seu funcionamento durante seis anos ficando surpreso com os excelentes resultados obtidos. Conhecendo nosso modelo e os princípios da biodigestão explicitados nesse manual você poderá até inventar e constuir o seu próprio biodigestor.

Antonio de Sant´Ana Galvão

Projeto Biodigestor Caseiro Limpo – Prático – Eficiente

Autor : Antonio de Sant’ Ana Galvão

Objetivo Geral

 

Divulgar amplamente e explicitar uma  proposta de tratamento do lixo orgânico doméstico nos próprios domicílios, empresas, praças  e logradouros públicos, usando um biodigestor caseiro muito limpo, prático, eficiente e barato.

 

Objetivos específicos

 

– Diminuir significativamente o volume de lixo orgânico enviado aos aterros sanitários e incentivar a coleta seletiva para reciclagem.

– Melhorar a saúde pública extinguindo lixões e tornando viáveis aterros sanitários bem menores e de manejo fácil.

– Incentivar o conhecimento e valorização da agricultura orgânica a partir de canteiros e jardinagem doméstica.

– Conscientizar pela prática os cidadãos de que poluição e problemas sociais só são resolvidos com a atuação direta e efetiva de cada um de nós, interagindo com setores da sociedade em dinâmica colaboração.

– Despertar o interesse e mostrar a possibilidade de reurbanização das cidades em bases mais limpas, bonitas e funcionais, influenciando positivamente a qualidade de vida do cidadão, seu bem-estar e, conseqüentemente, diminuindo a violência urbana. Mostrar que a cidade é uma extensão da própria casa.

 

Desenvolvimento do projeto

Como o principal objetivo do projeto é divulgar e educar para uma nova maneira de tratar o lixo em geral e o orgânico em particular, ele deve ser desenvolvido em escolas, indústrias e logradouros públicos que tenham amplo acesso e movimento de pessoas. Esperamos que esse contato direto e cotidiano com o Biodigestor contribua para tornar o seu uso uma prática corrente e disseminada ao máximo.

Cabe ressaltar que nosso Biodigestor Caseiro transforma o lixo orgânico doméstico em excelente adubo orgânico, reduzindo seu volume em pelo menos 10 vezes, ou seja, deixamos de enviar ao lixão 2000 litros de lixo  enquanto obtemos 200 litros de ótimo adubo orgânico sem nenhum trabalho adicional.

O primeiro passo é a realização de uma palestra orientando os participantes sobre as características do Biodigestor Caseiro, o processo de biodigestão, como usá-lo, manejá-lo e identificar o composto pronto.                                                                                                                  Ao final da palestra o Biodigestor Caseiro será abastecido com lixo orgânico pela primeira vez na presença de todos, com adição de 2 kg de húmus de minhoca sobre o lixo orgânico depositado. O húmus contém ovos de minhoca e assim iniciaremos uma criação dentro do Biodigestor Caseiro para aumentar a qualidade do composto obtido, entre outros benefícios significativos.

Após seis meses depositando o lixo orgânico continuamente, faremos a primeira coleta do composto. A partir desse momento a coleta será feita com a periodicidade desejada. O uso em plantas locais pode ser acompanhado para comprovar a qualidade do produto obtido. Toda criatividade será muito bem vinda e enriquecerá o projeto.

A duração do projeto está prevista pelo período de um ano e terá assessoria técnica quando necessário. O desejável é que ele se prolongue indefinidamente como prática cotidiana e se difunda nos domicílios brasileiros.

O Biodigestor Caseiro tem durabilidade comprovada e garantida de cinco anos, embora já tenhamos um exemplar em bom estado com mais de sete anos. Ele é confeccionado em sua maioria com material descartado industrialmente, embora de qualidade, e complementado com materiais de alta durabilidade.

Nas escolas sugerimos duas palestras. A primeira dirigida aos professores, coordenação e direção, pois serão eles os orientadores e acompanhantes  do projeto na escola. A segunda palestra seria dada aos alunos e comunidade em geral.

O Biodigestor Caseiro será continuamente observado pelos alunos, fazendo parte de seu cotidiano. Fica a critério dos professores utilizá-lo também como um elemento do ambiente motivador para tratar certos conteúdos programáticos como, por exemplo, frações e decimais, em Matemática, ou vermes, em Ciências. Auspiciosamente muitas reflexões e ações sobre cidadania podem ser discutidas e amadurecidas.

Público alvo

População em geral.

Embora existam detalhes técnicos e sejam explanados, os processos de decomposição e manejo são muito simples e de fácil compreensão.

O lixo é um elemento do nosso cotidiano que preocupa e incomoda. Mostrar uma maneira inteligente de tratá-lo e transformá-lo em adubo orgânico de bom aspecto, cheiro agradável, sem insetos e bichos, é motivador a pessoas de todas as idades e níveis educacionais.

Sobre o palestrante

Licenciado em Física pela UFSCar

Especializado em Neurofisiologia do Sistema Nervoso Central pelo Instituto de Biofísica da UFRJ.

Especializado em Educação Matemática pela UNESP – Rio Claro

Mestrando em Tecnologia Nuclear pelo IPEN – USP

Estudioso e pesquisador de sistemas auto-sustentáveis desde 1986

Professor de Ensino Médio desde 1981

Palestrante desde 2002

Custo

Biodigestor Caseiro                  R$ 180,00

– Palestra aos organizadores:      R$ 300,00

– Palestra à comunidade :           R$ 450,00

 

Font: http://www.nabucha.net/index.php?option=com_content&view=article&id=81:biodigestor-caseiro&catid=13:noticias-regionais&Itemid=66

 enviar por email     imprimir    compartilhe: Favoritos      Comente!