Soja

Benefícios para a saúde

A soja é um alimento funcional rico em proteínas de boa qualidade e que possui ácidos graxos poliinsaturados e compostos fitoquímicos (isoflavonas, saponinas, fitatos, dentre outros), além de ser uma excelente fonte de minerais (cobre, ferro, fósforo, potássio, magnésio, manganês e vitaminas do complexo B).

Estudos indicam que ela produz efeitos benéficos à saúde, reduzindo os riscos de algumas doenças crônicas e degenerativas. Algumas pesquisas apontam que uma alimentação rica em soja pode diminuir as chances de desenvolver certos tipos de tumores ou doenças cardiovasculares. Também é recomendada na diminuição dos sintomas da tensão pré-menstrual, no alívio dos sintomas indesejáveis da menopausa e na prevenção da osteoporose.

Segundo o órgão que regulamenta a produção de alimentos e medicamentos nos Estados Unidos, a ingestão diária de 25g de proteína de soja ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicérides reduzindo os riscos de enfarto, trombose, aterosclerose e acidentes vasculares cerebrais

Soja na prevenção do câncer

As isoflavonas presentes na soja são apontadas como os principais compostos capazes de prevenir o aparecimento de vários tipos de câncer. Além delas, outras substâncias presentes nos grãos de soja, auxiliam na prevenção. Dentre esses compostos, estão os inibidores de proteases (inibidores de tripsina), as saponinas e o aminoácido metionina. A eficácia da soja na prevenção e no tratamento do câncer depende do tipo de câncer, do agente causal e da fase de desenvolvimento da doença. Além disso, é possível haver variações na eficácia da resposta, em função das características do paciente.

Apesar das evidências dos benefícios da soja na prevenção e no controle do câncer, a comunidade científica ainda não conseguiu estabelecer claramente os mecanismos fisiológicos de atuação e ação preventiva dos compostos da soja. Os estudos a respeito dos efeitos protetores dos compostos presentes na soja em relação ao câncer são relativamente recentes.

Soja na prevenção das doenças cardiovasculares

As proteínas de origem vegetal são mais benéficas à saúde do que as de origem animal. Elas atuam no corpo diminuindo o colesterol sangüíneo total e o mau colesterol (LDL).

Dentre as fontes de proteína vegetal, a soja apresenta uma série de vantagens como o elevado teor de proteínas (38% a 42%), e de isoflavonas, que auxiliam na redução do colesterol sangüíneo.

A Federação Mundial de Cardiologia confirma que o consumo diário de 25g de proteína de soja faz bem ao coração, controlando os níveis de colesterol e prevenindo doenças crônicas.

Soja

Clique na imagem para ampliar

Soja na prevenção da tensão pré-menstrual e do climatério (menopausa)

As isoflavonas presentes na soja são estruturalmente semelhantes ao estrógeno. Isso quer dizer que, depois de ingeridas, elas ligam-se aos receptores estrogênicos das células evitando o surgimento dos sintomas indesejáveis da tensão pré-menstrual e do climatério. As isoflavonas, atuando como hormônios, apresentam a vantagem de não causar efeitos colaterais.

Apesar da semelhança com o estrógeno sintético, a atividade das isoflavonas é cerca de 100 mil vezes mais fraca do que a atividade destes.

Soja na prevenção da osteoporose

A administração de hormônios sintéticos ou das isoflavonas, presentes na soja, bem como de cálcio, ajudam na prevenção da Osteoporose. O nível de cálcio encontrado na soja é superior ao das outras sementes, apesar da presença de fitatos e oxalatos, que interferem na biodisponibilidade desse mineral.

Fonte: www.soya.com.br