Pecuária

Argentina vai exportar 25% mais carne

19/09/2017

As exportações de carne bovina argentina para 2018 deverão aumentar em 25%, chegando a 350 mil toneladas, de acordo com projeção divulgada pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Se confirmada a estimativa do órgão oficial norte-americano, será o maior volume dos últimos nove anos.

Uma recuperação constante dos rebanhos está começando a resultar em mais gado para o abate. A produção adicional de carne, estimada em 2,9 milhões de toneladas para 2018, deverá ser usada também para um mercado interno maior e em expansão do poder de consumo. O Peso argentino ainda relativamente forte continua pressionando os exportadores, que dificilmente competem em muitos mercados.

No início de 2017, o governo argentino estipulou descontos nas taxas de exportação de 3,5% sobre a carne bovina resfriada e 4% na carne bovina congelada. Em julho de 2017, um desconto adicional de 1,8% foi oferecido por 12 meses. Os contatos no setor de exportação indicam que isso ajuda, mas as margens continuam sendo muito estreitas.

Fonte: Agrolink