Milho

Argentina aumenta exportação de milho

O Governo argentino quer aumentar a quantidade de milho permitida para exportação em cerca de 10 a 13 milhões de toneladas. Para tal, o Executivo estabeleceu um acordo com sector.

Esta decisão do Governo argentino resultou de uma estimativa muito alta para a colheita de milho e de um aumento da procura exterior.

As últimas previsões para a colheita de milho da campanha 2009/2010 apontavam para as 21 milhões de toneladas. Contudo, nos primeiros dias de Março, a Bolsa de Cereais do Rosário rectificou em baixa para as 19 milhões de toneladas.

O Governo fixou uma quantidade de 8 milhões de toneladas de milho que deverão destinar-se ao consumo interno. O restante deverá ser introduzido nos mercados exteriores.

Fonte: http://www.vidarural.pt/news.aspx?menuid=8&eid=5419&bl=1&page=13