Manejo Geral

Aprovado zoneamento de risco climático para caju, milho e café

Publicado em 17/10/2008

Os zoneamentos de risco climático para as culturas de caju, milho e café, ano safra 2008/2009, foram publicados nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Coordenação-Geral de Zoneamento Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). <?XML:NAMESPACE PREFIX = O />

As portarias n° 203 e 204 aprovam o zoneamento do caju nos estados da Bahia e Maranhão. No estudo,foram quantificados os riscos para a produção, levando-se em consideração asépocas favoráveis ao plantio da cultura, o balanço hídrico e o levantamento de solos nos estados.

O cajueiro é uma planta tropical adaptada às condições do litoral nordestino, a solos profundos, férteis e areno-argilosos. As condições ideais para o plantio do caju são temperaturas que variam de 22º a 32º C, muita luminosidade e altitudes inferiores a 600 metros.

O zoneamento para o milho no estado do Acre foi aprovado pela portaria n° 202. Essa cultura caracteriza-se pelas diferentes formas de utilização, desde a alimentação animal até a indústria de alta tecnologia em grãos.No Brasil, do total consumido, cerca de 60 a 80% destina-se à alimentação animal.

Nas publicações desta sexta-feira também encontra-se a portaria n° 201, que confere o zoneamento para o café no estado do Espírito Santo. Vale ressaltar que o Brasil possui a liderança em pesquisas cafeeiras, o que assegura maior competitividade no mercado e eleva a sustentabilidade no agronegócio. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o estado produzirá 10 milhões de sacas beneficiadas na safra 2008, sendo dois milhões de café arábica e sete milhões de robusta. (Da Redação)

Confira a íntegra das portarias:

Nº 201 – Zoneamento agrícola para a cultura do café no ES

Nº 202 – Zoneamento agrícola para a cultura do milho no AC

Nº 203 – Zoneamento agrícola para a cultura do caju na BA

Nº 204 Zoneamento agrícola para a cultura do caju no MA

 

Fonte: Mapa