Café

Após atrasar pagamento, Brasil perde direito de voto por um ano na OIC

Publicado em 05/10/2015

Após pagar com atraso parte da anuidade de R$ 2,3 milhões que devia à Organização Internacional do Café (OIC), o Brasil está suspenso por um ano de votar em comitês da instituição, podendo participar das discussões apenas como observador. A decisão ainda não é oficial, mas deve ser publicada pela entidade nos próximos dias.

Desde o início da semana passada, os representantes do Brasil, maior produtor e exportador de café do mundo, já participavam dos painéis na segunda reunião da entidade em Milão, na Itália, na condição de observador. O pagamento de parte da dívida só foi realizado na última quinta-feira (1º).

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o Brasil atrasa pagamentos com a OIC. Em 2012, o País também quitou a anuidade de forma parcelada. Segundo informações do jornal Valor Econômico, a ministra da Agricultura, Katia Abreu, não se pronunciou sobre a decisão da OIC.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas