Caninos

Alimentação de cães filhotes

Os animais sempre são o xodó e a alegria da casa, principalmente quando são filhotes, onde são mais brincalhões, bagunceiros, enfim, ativos o tempo todo, e para manter este pique o dia todo é preciso ter uma alimentação adequada e saudável. Mas o que dar para os cães filhotes comerem? Todos sabem que a melhor alimentação para os animais, principalmente, para os cães é a ração, no qual esta é a refeição que contem tudo o que o animal cresça e se desenvolva com saúde. Lembrando que alimentos comuns entre os seres humanos, como arroz, feijão, macarrão, enfim, estes tipos de alimentos devem ser evitados, pois não são para animais e podem causar alguns problemas, como acúmulo de gordura, obesidade, altos níveis de colesterol e outros.

Assim, o melhor alimento para os cães filhotes é ração para filhote, sendo que existem três tipos de ração para esta fase da vida de seu animal, sendo elas: secas, semi-úmidas e úmidas, além de diversos sabores como carneiro, frango, carne, fígado e outros. Qual a melhor? Como você deve saber entre estas a única coisa que varia é a maciez da ração e principalmente o valor, assim para sanar suas dúvidas quanto à quantidade e quando aumentar a quantidade de ração para seu animal, pergunte ao veterinário quando levá-lo para sua primeira consulta, sendo que nas próprias embalagens dos produtos contém este tipo de informação.

Quando pequeninos, com aproximadamente dois a seis meses, os filhotes comem de três a quatro vezes ao dia. Já para os cães com um ano de idade, a ração pode ser modificada, no entanto, se você preferir, pois a ração para filhotes contém mais nutrientes e outras fontes de energia. Mas não há problemas em modificar o tipo de ração, mas se preferir a ração ideal para cães com um ano de idade é a do tipo adulta, sendo que à medida que vai crescendo o filhote passa a comer menos, assim passe a diminuir o número de refeições de forma gradativa.

Os cães adultos, a partir de um ano de idade, passam a comer duas vezes ao dia, no qual é preciso que você controle a quantidade para não causar obesidade e diferentes problemas ao animal. Estas mudanças alimentares devem ser realizadas gradativamente, caso contrário o animal poderá sofrer com diarréia, e evite alimentá-lo com comida, massas, doces, enfim, tudo que o veterinário indicar, mesmo que o cão goste ou queira comer, no entanto, caso seu cão pede sempre comida quando toda a família está à mesa é preciso que o mesmo seja repreendido ou retirado do local durante as refeições.

 Fonte: http://www.blogdicas.net/alimentacao-de-caes-filhotes/