Defensivos

Algodão e soja são hospedeiros preferenciais da Helicoverpa

07/07/2017

A lagarta Helicoverpa armigera se desenvolve melhor na soja e no algodão, aponta estudo de pesquisadores do Mato Grosso do Sul publicado no mês passado. Os danos causados pela praga, oficialmente detectada em 2013 em diversas culturas no Brasil, somam prejuízos de R$ 2 bilhões de reais.

“Os resultados mostraram que o algodão e a soja apresentaram maior viabilidade nos estádios de crescimento e maior taxa de sobrevivência de fêmeas adultas no período reprodutivo do que as outras culturas hospedeiras. O milho e o trigo apresentaram alta mortalidade larvária e pupal e baixo potencial biótico”, afirmam os autores.

No estudo foi comparado o resultado da alimentação no desenvolvimento das lagartas no algodão, soja, milho e trigo, bem como numa dieta artificial de laboratório. Entre os autores estão Elias Soares Gomes, da Universidade Federal da Grande Dourados, Viviane Santos e Crébio J. Ávila, ambos da Embrapa Agropecuária Oeste. Clique AQUI para ler.

Fonte: Agrolink