Agronegócio absorve 40% das aeronaves não tripuladas no Brasil

Publicado em 10/09/2018

Praticamente desconhecidos até meados de 2010, os drones, pequenas aeronaves sem tripulação, comandadas à distância, vêm aumentando sua presença em diversas atividades, com destaque para o avanço expressivo de seu uso nas fazendas. O ritmo de crescimento desse mercado no país tem surpreendido até mesmo os fabricantes dos equipamentos.

Há estimativas de que o Brasil se tornará, em dois anos, o terceiro maior mercado mundial de drones na agricultura. A  previsão é da americana MicaSense, empresa líder no mercado mundial de câmeras e sensores para o agronegócio.

Segundo a empresa, o Brasil ocupa a décima colocação no mercado mundial de drones com aplicação na agricultura. Os primeiros colocados hoje são Estados Unidos, Europa, Canadá e Argentina.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

Fonte: Globo Rural