Desperdício de Produção

Agricultura de precisão é usada em seringais de MS

Com o desenvolvimento da AP (Agricultura de Precisão), novas técnicas permitem que cada área receba quantidades apropriadas de adubos e corretivos e tenha tratamento localizado de plantas invasoras, pragas e doenças que contemplem, além da aplicação minimizada de insumos, a redução de impacto ambiental. E um dos principais desafios da agricultura moderna é promover ganho de produtividade e economia de recursos.

Uma pesquisa que está sendo realizada em seringais do Estado de Mato Grosso do Sul busca, principalmente, diminuir o desperdício e gastos com insumos e aumentar a produtividade por hectare.

De acordo com o agropecuarista Evandro Dias Brandão, o projeto está sendo testado em cinco áreas piloto e, uma delas é na Fazenda Tambori, no município de Paranaíba a 410 km de Campo Grande capital sul-mato-grossense. “Depois de muitas conversas com professor doutor José Paulo Molin, da Esalq, conseguimos implantar o projeto. A AP já tem longo e vitorioso trabalho em outras culturas, sendo aplicadas por usinas e centenas de produtores. Agora vamos levá-la aos seringais para colher resultados similares”, afirma.

 

Fonte: http://www.seringueira.com/br/