Notícias

Agrária realiza encontro com governo estadual acerca de modal ferroviário

12/03/2015

Na última quarta-feira, 11, a diretoria da Agrária e representantes da Agrária Óleo e Farelo receberam o Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, o diretor presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araujo, os diretores de produção e administrativo e financeiro da empresa, Rodrigo César de Oliveira e Carlos Roberto Fabro, o gerente comercial em Cascavel, Joani Borek, bem como o presidente da Agepar, Cezar Augusto Carollo Silvestri. Na pauta do encontro estavam a ampliação da utilização do modal ferroviário pela Agrária Óleo e Farelo e pedidos de melhorias por parte da Cooperativa.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, a Ferroeste pretende ampliar em quatro vezes o transporte de grãos e o escoamento de produtos na Cooperativa, vindos da região Oeste para Guarapuava. Um acordo entre a empresa e a Agrária vai permitir o aumento de transporte de grãos de 80 mil toneladas para 250 mil toneladas. Já foram investidos pela cooperativa R$ 1,1 milhão, que vão modernizar e agilizar o descarregamento de vagões da Ferroeste.

“Esse investimento demonstra a confiança que o setor privado tem no Governo do Paraná”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, que visitou o novo centro de cargas da cooperativa. Segundo ele, o Estado tem feito a sua parte na modernização da infraestrutura estadual. E o setor privado tem sido parceiro na busca da redução do custo Brasil, investindo em melhorias que beneficiam todos os paranaenses.

A moega ferroviária da Agrária (equipamento para desembarque de grãos) tem capacidade de descarregamento de oito vagões por hora, sendo três vezes mais rápido que o sistema anterior. A empresa, que está investindo R$ 200 milhões na melhoria de suas instalações, agora vai também usar o novo equipamento para escoar outras produções.

O diretor-presidente da Cooperativa Agrária Agroindustrial, Jorge Karl, disse que esta parceria é muito importante para a empresa. “O Governo do Paraná tem trabalhado para ser parceiro do setor produtivo, ouvindo e atuando de forma sintonizada. Esta forma de agir ajuda no desenvolvimento do Estado”, disse.

Segundo o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araújo, a atual administração tem formalizado diversas parcerias com o setor produtivo, buscando melhorar a infraestrutura da malha ferroviária paranaense. “A Ferroeste e o setor produtivo consideram estratégica a parceria para aquisição de novos equipamentos, como vagões e locomotivas”, disse.

Fonte: Agrária