Suinos

África do Sul reabre mercado para carne suína brasileira

04/11/14 – 15:25
O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, informou hoje que a África do Sul reabriu seu mercado para as exportações brasileiras de carne suína.  A informação foi repassada na abertura da Avisulat 2014, em Porto Alegre (RS).

A África do Sul estava fechada para os produtos suinícolas brasileiros desde 2005, quando foram registrados focos de febre aftosa em bovinos no Paraná e Mato Grosso do Sul.   Conforme levantamentos da ABPA, naquele ano, antes do fechamento do mercado, foram exportadas 18 mil toneladas para o território sul-africano.

“Foi quando batemos o recorde de exportações (totais) com 625 mil toneladas exportadas, com a África do Sul ficando como 4º principal destino, respondendo por 2,9% das exportações do ano”, detalha o vice-presidente de suínos da ABPA, Rui Eduardo Saldanha Vargas.

De acordo com o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, a reabertura da África do Sul deverá influenciar positivamente, em breve, o saldo das exportações da suinocultura brasileira.

“Com este mercado, queremos expandir o fluxo de exportações de carne suína do Brasil, diminuindo a dependência do setor dos embarques para o leste europeu”, ressalta Turra.

Fonte: Agrolink com informações de assessoria