Soja

Abertura do plantio de soja reúne produtores, autoridades e pesquisadores em Sinop

19/09/2016

O evento faz parte do projeto Soja Brasil

Sinop recebe nos dias 21 e 22 de setembro a abertura nacional do plantio da soja. A programação gratuita reunirá produtores rurais, autoridades e pesquisadores para debates sobre os desafios da safra 2016/2017. O evento faz parte do projeto Soja Brasil, que leva capacitação e informação técnica aos produtores de soja do País. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo site do projeto.

O evento será realizado na sede da Embrapa Agrossilvipastoril, e promoverá discussões sobre técnicas de produção e redução de custos, manejo de pragas, sustentabilidade, fertilidade de solo, dentre outros temas. A programação está dividida em dois dias: no quarta-feira (21), a partir das 9h30, os inscritos poderão participar de palestras sobre controle de plantas daninhas, biotecnologia e gerenciamento financeiro da propriedade.

Para Marcos da Rosa, presidente da Associação de Produtores de Soja e Milho do Brasil, a expectativa é que a safra 2016/2017 tenha redução de área, devido às condições climáticas desfavoráveis da safra anterior. O cenário econômico também inspira atenção, daí a importância de o profissional do campo ter o máximo de informações ao seu alcance.

“Hoje, muitos produtores estão no vermelho, a conta não fecha. A capacidade de investimento foi reduzida. Desta forma, o sojicultor deve evitar riscos para não aumentar o seu endividamento. Houve também um acréscimo no preço dos insumos. De maneira geral, o custo de produção nas últimas safras tem aumentado, e o produtor vai precisar de cautela para a atividade não ficar insustentável”, alerta.

No período da tarde, a teoria dá lugar à prática em visita técnica à Embrapa, onde os participantes poderão conhecer projetos como o experimento de integração lavoura-pecuária-floresta. Para Austeclínio Lopes de Farias Neto, chefe geral da Embrapa Agrossilvipastorial, o investimento em pesquisa é fundamental para uma agropecuária cada vez mais desenvolvida. “Foi através desses esforços que conseguimos elevar o padrão da agricultura brasileira. O trabalho de pesquisa deve ser contínuo e olhado com carinho pelo poder público, no sentido de dar cada vez mais subsídios para que ganhe mais espaço”, destaca.

Os presentes também participarão de painéis sobre técnicas de produção para redução de custos. Destaque para as palestras sobre Agricultura Fermentativa, do engenheiro agrônomo, Cassiano Ricardo Niero Mendes, e Técnicas de Rochagem, do geólogo Éder Martins, pesquisador da Embrapa. O profissional falará sobre como recuperar a fertilidade do solo utilizando o pó de rocha.

O projeto Soja Brasil está em sua quinta edição. Nesta safra, serão 10 meses de trabalhos. Durante esse período as equipes de reportagem do Soja Brasil acompanham o desenvolvimento da safra de soja nas regiões produtoras do país, do pré-plantio ao pós-colheita. O projeto é dividido em Caravana Soja Brasil, Expedição Soja Brasil, Fóruns e Solenidade de Abertura Oficial do Plantio da Soja e Solenidade de Abertura Oficial da Colheita da Soja.

Fonte: Agronotícias MT