Curiosidades

A bubalinocultura brasileira

A bubalinocultura não é tão desenvolvida como a bovinocultura, porém merece destaque, uma vez que, vem crescendo a cada ano e se desenvolvendo como uma alternativa rentável e saudável. O bom desenvolvimento da bubalinocultura se deve ao fato do búfalo se adaptar facilmente em qualquer ambiente e também a produção e consumo do leite é crescente em função da demanda por alimentos como queijos e manteigas. O leite de búfala contem elevados teores de gordura e sólidos totais, o que aumenta o rendimento na fabricação dos derivados se comparado ao leite de vaca.

A carne do búfalo também é muito apreciada por conter menores índices de gordura, colesterol, calorias e por outro lado conter maior índice de proteína e minerais. O rebanho bubalino é de aproximadamente 1,15 milhão de animais. As regiões de maior produção são Norte, Nordeste e Sudeste, respectivamente.

 

Fonte: Agricultura

Adaptação: Revista Agropecuária