Variedades

1º trigo transgênico só depende da política na Argentina

24/07/2018

A empresa multinacional Bioceres anunciou para a revista Infobae que está prestes a lançar o primeiro trigo transgênico do mundo na Argentina. De acordo com o CEO, acionista da empresa e bioquímico da Universidade do Estado de Louisiana, Federico Trucco, o lançamento só depende das aprovações políticas do país.

“Esperamos que eles aprovem o trigo resistente à seca, o que daria à Argentina o primeiro trigo transgênico do mundo.  Trabalhamos com o setor público por muitos anos e cumprimos tudo. Agora depende de uma decisão política”, comenta.

Nesse cenário, Trucco acredita que o entendimento popular de que os transgênicos fazem mal à saúde humana está prejudicando o desenvolvimento de novas tecnologias. Ele diz ainda que a empresa está propondo trabalhar apenas com mercados indicados pelo próprio poder público da Argentina, mas que a negociação não está surtindo efeito

“Propomos que eles nos digam quais mercados são importantes e que exijam aprovação em todos antes do lançamento comercial do produto no nível local, para que não haja conflitos. Não é o suficiente, parece. Estamos um pouco frustrados, mas é uma das batalhas da conjuntura que estamos tentando dar” explica.

A Bioceres é considerada a mais importante empresa de biotecnologia da Argentina, com um faturamento anual de aproximadamente US$ 150 milhões por ano e um valor de mercado de cerca de US$ 500 milhões. Além disso, é mundialmente conhecida como a única empresa a possuir sementes resistentes à seca, especificamente soja e trigo.

“É algo que a indústria perseguiu por um longo tempo com investimentos erráticos. Estamos esperando que seja aprovado na China e tentando também aprovar sementes de trigo resistentes localmente”, finaliza.

Fonte: Agrolink