Soja

‘Soja e milho terão perspectivas favoráveis em 2014’, afirma consultor

25/03/2014

O Brasil é hoje o maior exportador mundial de soja em grãos, liderança conquistada em 2013, com 46 milhões de toneladas embarcadas principalmente para a China. No milho, o Brasil ocupou pela primeira vez a liderança das exportações no ano passado, devido à grande quebra de safra nos Estados Unidos. Atualmente, o País é o segundo maior exportador, atrás apenas do país norte-americano, com 21 milhões de toneladas. Por causa dessa representatividade nos diferentes mercados, a TECNOSHOW COMIGO 2014 abrirá espaço em sua programação no dia 9 de abril, às 14 horas, no Centro Tecnológico COMIGO (CTC), em Rio Verde (GO), para discutir as perspectivas para os mercados domésticos e internacionais de soja e milho.

O tema será abordado no auditório 1 pelo consultor e sócio diretor da Agroconsult, André Pessoa. A proposta é debater pontos ligados ao desenvolvimento da atual safra das duas culturas, abordando os principais problemas sanitários e logísticos, a atual perspectiva de conjuntura das safras na Argentina e nos Estados Unidos e as tendências de preços e perspectivas de rentabilidade para o produtor brasileiro. O consultor adianta que para a cultura da soja, existe a perspectiva de queda nos preços internacionais no segundo semestre de 2014, mas que podem ser compensados pela taxa de câmbio no Brasil. Já para o milho, a tendência é de leve valorização no mercado internacional e, consequentemente, preços melhores no mercado doméstico. “No geral, as perspectivas para os dois principais grãos brasileiros são favoráveis”.

Atenção
Segundo André Pessoa, a região Centro-Oeste conquistou os títulos de principal produtor de grãos do Brasil e um dos principais celeiros do mundo, e deverá expandir a produção de soja e milho safrinha nos próximos 20 anos. Mas para que isso ocorra, os estados que integram o Centro-Oeste precisam vencer barreiras relacionadas à logística e o resultado disso no preço dos fretes. “O crescimento poderá ser ainda mais impulsionado com os investimentos logísticos, como a duplicação e asfaltamento da BR-163 até Miritituba no Pará, abrindo uma saída para o Norte, e os projetos de ferrovias como a FICO e Norte-Sul”, acrescenta.

Além disso, o palestrante explica que é preciso manter políticas públicas favoráveis para garantir melhor desempenho nas culturas da soja e milho no País. “No que toca à política agrícola, a soja ocupa quase 30 milhões de hectares no Brasil com um mercado totalmente livre e desregulamentado. Essa liberdade de mercado é uma das premissas do crescimento. No milho, temos hoje alguns instrumentos de apoio à comercialização, principalmente voltados ao escoamento da safra de Mato Grosso, que acaba limitando o crescimento da produção em outras regiões competitivas. Esta política está amparada pelo Plano Safra com o programa de garantia de preços mínimos”, orienta.

Ficha Técnica
TECNOSHOW COMIGO 2014
Palestra ‘Perspectivas para os mercados domésticos e internacionais de soja e milho’
Local: Auditório 1 – CTC – Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Período: 9 de abril de 2014 (quarta-feira)
Horário: 14 horas
Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Exposição e Dinâmicas de Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais e Dinâmicas de Pecuária.
Entrada: Gratuita
Site: www.tecnoshowcomigo.com.br
Twitter: @tecnoshowcomigo

Fonte: Agrolink